Nota de esclarecimento sobre a Operação Caninana

24/06/2022 24/06/2022 10:40 271 visualizações

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Tocantins (Sindepol/TO) vem a público esclarecer que desde a deflagração da denominada “Operação Caninana”, no dia 22 de junho do corrente ano, vem acompanhando todos os trâmites jurídico-procedimentais da investigação, colocando a plena disposição dos filiados toda a estrutura de apoio jurídico da Entidade.

A despeito de solicitação formal, até o presente momento a Assessoria Jurídica do Sindepol/TO não teve acesso à íntegra do procedimento, o que causa estranheza, na medida em que diversos órgãos de imprensa já divulgaram informações sensíveis da investigação, expondo dados, nomes e imagens que podem comprometer a segurança individual e o próprio estado de inocência garantido constitucionalmente a todos os cidadãos.

Destarte, diante da impossibilidade de análise mais densa das imputações supostamente individualizadas pela Polícia Federal, em virtude da total ausência de acesso aos autos, esta Entidade reitera a necessidade de observância plena dos direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição da República e informa que buscará todas as medidas legais para que os filiados citados na operação tenham os seus direitos respeitados por meio de um procedimento hígido, transparente e responsável. 

 

 Delegado Bruno Azevedo

Presidente do Sindepol/TO